Posts Tagged 'McLaren'



McLaren confirma Bruno Senna para 2010

Ao que parece, os testes de Bruno Senna com um Mercedes da DTM não foram à toa. Em um comunicado enviado para a imprensa, a McLaren acaba de confirmar que o sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna será um dos ocupantes do cockpit da equipe prateada em 2010. É o que afirma o jornal inglês News of the Month.

Bruno irá substituir Heikki Kovalainen, piloto que não conseguiu se firmar na equipe anglo-germânica. Com resultados pífios, o finlandês irá ocupar a vaga deixada por Giancarlo Fisichella na Force India, que anunciou sua aposentadoria no final do Mundial 2009. A manobra, orquestrada diretamente por Norbert Haug, visa “colocar dois jovens talentosos, que têm plenas condições de levar a McLaren à conquista de títulos” em seus cockpits.

O piloto brasileiro se mostrou otimista com o chamado da McLaren. Para ele, “é um sonho se tornando realidade. Poder estar na Fórmula 1 e competir na mesma equipe que meu tio conquistou três campeonatos é simplesmente fantástico”.

Como parte da preparação de Bruno para a temporada 2010, o brasileiro irá acompanhar o time de Woking durante toda a temporada 2009. Essa aclimatação deverá começar já no GP da Malásia, no final de semana vindouro. Para ver uma foto do comunicado da McLaren à imprensa, clique aqui.

Novos carros na pista

Aos poucos o Mundial 2009 começa a ter seus carros definidos. Na semana passada foi a vez da McLaren (MP4-24) e da Toyota (TF109) lançarem seus modelos desde ano, devidamente adequados às novas regras que restringem a aerodinâmica. Ainda causa estranhamento o grande spoiler dianteiro e a asa traseira em formato de torre, mas aos poucos essa sensação vai ficando em segundo plano. Nenhum dos dois carros trouxe grandes diferenças com relação à Ferrari F60.

As primeiras grandes inovações vieram essa semana, com o lançamento das novas Renault (R29) e Williams (FW31). No caso da equipe francesa, a frente do seu novo carro me remeteu diretamente às Benneton da primeira metade dos anos 1990. O bico lembra muito o chamado “nariz de tubarão” dos carros que levaram Michael Schumacher ao bicampeonato, em 1994 e 1995. A equipe também mudou sua identidade visual com a chegada do patrocínio da Total, que fabrica lubrificantes. Com isso, o carro traz uma variação de amarelo (cor da Renault), laranja (cor da ING) e o vermelho da Total. Não ficou exatamente bonito, mas melhorou com relação aos anos anteriores.

Já a Williams adotou um tom escuro de azul nessa pré-temporada. O desenho da frente traz um bico mais achatado que o das concorrentes, lembrando um pouco um bico de pato. Uma mudança grande de regras era a grande esperança do time inglês voltar a andar entre os primeiros colocados. Pelo design do carro, parece que o pessoal de Grove seguiu um caminho diferente dos outros times. O carro, como sempre, é um dos mais bonitos do grid. Resta esperar.

Fora do regulamento?

Mal começaram os testes da temporada 2009 e já há uma polêmica no ar. Segundo a alemã Auto, Motor und Sport, o escapamento da nova Ferrari estaria fora do regulamento, por proporcionar ganhos aerodinâmicos (veja abaixo, em foto retirada do Tazio). Realmente há uma grande diferença entre o vão na carenagem para abrigar o final do duto de escape da F60 e a mesma peça dos demais carros. Resta esperar para ver no que dá. Outro pronto controverso são os retrovisores do carro novo da Scuderia e as duas aletas que a Toyota está usando em seu novo bólido.

Dando asas à confusão

Um dos assuntos da semana foi a prévia do carro de 2009 que a BMW mandou à pista. O que mais chamou a atenção foi o bigode do Theissen a asa dianteira, uma verdadeira aberração aerodinâmica.

Eis que leio hoje, no blog do Fábio Seixas, uma declaração interessante do Kubica. O polonês disse estar curioso para saber quantas asas vão voar, literalmente, na primeira corrida da temporada, na Austrália. Dou razão a ele e digo mais: a possibilidade de pneus furados após encontros na pista também é grande.

Outra equipe que revelou as formas iniciais de seu modelo para 2009 foi a McLaren. A equipe foi flagrada em um teste secreto. O carro, como vocês podem vem, está na tradicional cor de testes da equipe, laranja. A faixa preta representa o luto pela renovação de contrato de Heikki Kovalainen. Reparem, no detalhe, duas possíveis configurações para a asa dianteira.

56018

McIndia

apu1Não, não é o novo sanduíche daquela rede de comidas capitalistas. Como esperado, a Force India anunciou o início da parceria com a McLaren, que passará a fornecer um pacote técnico bastante interessante à equipe de Vijay Mallya. Motores, câmbios, sistemas hidráulicos e KERS serão fornecidos aos indianos.

Esses novos recursos e desenvolvimentos serão responsáveis por um grande salto em nosso pacote técnico e, como resultado disso, temos uma grande expectativa que faremos um bom progresso de 2009 em diante.

A frase é do dono do boteco indiano. Não tenho dúvida que a FI avance consideravelmente esse ano. A McLaren fechou 2008 com um ótimo pacote técnico. Um carro praticamente inquebrável e um motor forte e resistente. Junte isso ao fato de que a equipe indiana também aproveitou para anunciar um grande aprimoramento na sua fábrica de Brackley: um upgrade nos computadores responsáveis pelos cálculos aerodinâmicos. Teremos surpresas em 2009? Torço para que sim.

Segue a íntegra do release.

FORCE INDIA FORMULA ONE TEAM ANNOUNCES TECHNICAL PARTNERSHIPS WITH McLAREN APPLIED TECHNOLOGIES, MERCEDES-BENZ HIGHPERFORMANCEENGINES AND EADS

Force India Formula One Team is pleased to announce a major new partnership that will propel the team forward for the 2009 FIA Formula One World Championship and beyond; a ground-breaking technical partnership with McLaren Applied Technologies (which is a company wholly owned by the McLaren Group) and with Mercedes-Benz HighPerformanceEngines.

In a unique long term deal, the Force India Formula One Team VJM02 cars will be powered by engines designed and built by Mercedes-Benz HighPerformanceEngines, the first time that the legendary manufacturer has supplied another chassis constructor other than McLaren. Additionally, Force India will have access to the McLaren Group’s network of bespoke suppliers that has supported this year’s World Championship victory.

McLaren Applied Technologies will additionally supply the Force India Formula One Team cars with McLaren Racing gearboxes and hydraulic systems and will provide operational support to ensure Force India functions at its highest possible level.

The Force India Formula One Team also plans to fit its cars with a kinetic energy recovery system (KERS) that is currently being developed by Mercedes-Benz HighPerformanceEngines and McLaren Racing (which is also a company wholly owned by the McLaren Group).

In conjunction with aerospace company EADS – which, like McLaren and Mercedes, is also a global leader in its field – Force India Formula One Team announced that it will soon be expanding the computational fluid dynamics capability of its Brackley Aero Centre facility.

Dr. Vijay Mallya, chairman and managing director of Force India, commented: ‘We are absolutely delighted to be able to announce a technical partnership with McLaren Applied Technologies and Mercedes-Benz HighPerformanceEngines, and also our plan to expand the composite manufacturing capability and drawing office within our Silverstone facility.

‘McLaren and Mercedes-Benz are two of the most famous names in motorsport history, having achieved great success in Grand Prix racing over many years, and most recently, a superb victory in probably the most dramatic World Championship Formula 1 has seen.

‘These new resources and developments will provide an enormous boost to our technical armoury and, as a result, we have high hopes of making good progress in 2009 and beyond.

‘Force India Formula One Team has been in existence for only one year, and inevitably our first season has constituted a learning period. But we said at the outset that we meant business and were not interested in merely making up the numbers. The announcement of our new technical partnership, combined with the new developments and resources outlined above, clearly underlines that we meant what we said. I would like personally to thank Bernie Ecclestone and FIA president Max Mosley, both of whom offered their assistance and support throughout the gestation of this deal.’

‘Interest in Formula One in India, especially among the 300-million-plus professional-class demographic as well as in neighbouring countries such as Singapore, Malaysia and Abu Dhabi with a large Indian population, is growing at astonishing levels. Formula One commercial rights holder Bernie Ecclestone has declared plans to stage an Indian Grand Prix in 2011, in Delhi, our capital city, by which time Force India Formula One Team will be exactly that: a Formula One force in, and for, India.’

Divórcio ítalo-indiano

logoNo início desse ano, quando passei algumas semanas escrevendo sobre Fórmula 1 para o site da revista Quatro Rodas, tentei me cadastrar na área de imprensa dos sites das equipes da categoria para receber releases. Curiosamente, a única que aceitou meu cadastro foi a estreante Force India. Não preciso dizer que ela ganhou a minha simpatia na hora. Ganhou também um espaço cativo na minha caixa de e-mails.

Eis que recebo um release da equipe confirmando as suspeitas de que ela terminaria sua parceria com a Ferrari. A próxima parceira deverá ser a McLaren. Resta saber qual pacote a equipe anglo-germânica fornecerá aos indianos.

Pudera: Gandhi e Mussolini não poderiam dar certos juntos mesmo.

Piadinhas infames à parte, segue a íntegra do release.

FORCE INDIA TO PART COMPANY WITH FERRARI FOR 2009 SEASON

7 November 2008 – The Force India Formula One Team today announces that it has ended its contract with Ferrari. The agreement signed in 2007 also provided for a supply of engines in 2009, but will now terminate ahead of schedule at the request of Force India.

Force India wishes to thank Ferrari for its much appreciated and valued support to date, which has always been carried out at the highest level; technically and professionally and within an excellent relationship.


Quem acelera aqui

Rodrigo Lara é jornalista e tem 24 anos. Viciado em esportes, curte especialmente aqueles que reúnem gasolina, velocidade e carros.

@ Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

O passado está aqui

Categorias

Blog Stats

  • 13.037 hits

Posts por data

julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Quer comprar artigos importados?